Gagos
 O instrutor de paraquedistas: - Contam todos até dez para abrirem o pára-quedas, OK??? No ar, já todos com o pára-quedas aberto, começa a cair um vertiginosamente. Diz outro:
- Olhem, lá vai o gago...


Um gago desembarca no Rossio, aflito, e dirige-se a um transeunte:
- Pó-pó-pó-pó-de de-di-dizer-me a-a-aonde é a ca-ca-casa de-de ba-banho?
- O se-se-senhor v-v-va-va-vai por esta r-r-rua,vó-vó-volta à-à-à s-s-sua es-es-esquerda,de-de-depois à-à s-s-sua di-direita,a-a-anda uns ce-cem m-me-me-metros e-e-e no-no largo há-há u-u-ma ca-ca-casa de ba-banho.
- Mui-mui-tô-obrigado,mas já-á-á-me-me bo-borrei n-na-nas calças.


Um certo dia uma menino gago disse ao avô:
vvvvovvvo vvoccceee popopdedede mememe cocololocacar nunumama escocolade dede gagogos?
e o avo responde :
mais pra que meu neto voce gagueja tão bem


Um casal tinha um filho muito gago que só falava bem a cantar. Um dia, ele foi
com o pai ao cemitério e pelo caminho uma mota atropelou o pai. Aflitíssimo,
o filho vai a casa contar à mãe:
- Ó m-m-mãe, o p-p-pai f-f-foi...
- Fala a cantar, meu filho! - diz a mãe.
- Ó í ó ai, o meu pai atropelou-se!!!
Anedotas